Médico de Michael Jackson é condenado a quatro anos de prisão

O juiz Michael Pastor anunciou nesta terça-feira (29) que o médico Conrad Murray deverá cumprir quatro anos na prisão, a pena máxima. Ele foi considerado negligente no tratamento oferecido a Michael Jackson, morto em 25 de junho de 2009.

Pastor determinou que o médico abandonou seu paciente, administrou drogas pesadas e mentiu para as pessoas sobre as condições de Michael Jackson, além de não sentir remorso pelas consequências. Murray, de 58 anos, foi apontado culpado por homicídio involuntário na Corte Superior do condado de Los Angeles no dia 7 de novembro, após julgamento que durou quase dois meses.

Publicado em 29 de novembro de 2011, em Sem categoria. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: